domingo, 16 de agosto de 2009

A vida em linhas tortas

Devemos nos desenvolver em linha reta, de acordo com as expectativas da sociedade? Em diversos momentos da história humana diversos modos de ser formaram a consciência coletiva e instituiram padrões de existência. Uma poesia de minha autoria trata da visibilidade turva de quem se sente diferente e tenta criar seu caminho em meio às intempéries da vida.

-----------------------------

Poema em linhas tortas

O solo é úmido, pantanoso
É possível caminhar?
Talvez, se encontrasse
As minhas botas...

Parece fértil,
Mas estariam as sementes
Secas?

O caminho é uma linha reta
Mas os meus olhos o enxergam
Como zigue-zague
E sinto como se andasse
Em círculos...

Submerso, quase sem ar
Vislumbro uma luz
De relance
Realça no labirinto
Um semblante
Que aponta para a menor distância
Entre o ponto final
E um novo parágrafo

Resignado, permito-me ser guiado
Ao infinito...
E ponho-me a reescrever
A biografia da humanidade que sou.

Thonni Brandão

Nenhum comentário:

Postar um comentário